Blog

Tênis: condicionamento físico, diversão e aprendizagem

Posted by:

Mesmo não sendo nenhum Guga, Federer, Nadal ou a Maria Sharapova, algumas pessoas utilizam o Tênis como  um dos hobbies prediletos e uma atividade física com possibilidade de diversão que, ao lado de 1 ou de 3 parceiros, cativa tanto as pessoas que estão aprendendo quanto as que já sabem seus fundamentos e querem melhorar o condicionamento físico. Além disso,”bater uma bolinha” traz muitos benefícios para a saúde e pode ser praticado por todas as faixas-etárias.

Por se deslocar para todas as direções, ter que acertar os locais certos outro lado da quadra, ter que buscar rapidamente uma bola em todos os cantos da quadra num determinado período de tempo, o Tênis é uma excelente modalidade para melhorar o condicionamento físico pois aperfeiçoa as capacidades físicas agilidade, coordenação, força, velocidade e resistência. Neste caso, os jogadores profissionais e os praticantes que já sabem a técnica correta dos golpes e as regras utilizam o Tênis  para esta melhora na preparação física, onde se gastam, em média, de 300 a 660 Kcal/hora em partidas de simples e de 180 a 420 kcal/hora num jogo de duplas.

Além do condicionamento físico, jogar Tênis também possibilita uma melhor coordenação motora por ter que mandar a bolinha para o outro lado da quadra e, no saque, ter que acertar o “quadrado” (parte próxima à rede, dividida em 2 partes, em forma de quadrado) do lado oposto ao que você está iniciando um rally. Com a técnica correta que os professores ensinam, é possível você transferir esta coordenação motora aprendida no tênis para as atividades que você realiza no seu cotidiano. Para um bom desenvolvimento cognitivo, saber a contagem correta de uma partida (quantos games, sets, etc.) auxilia a  estimular qualitativamente e quantitativamente os neurônios, cujas conexões facilitam a realização de atividades intelectuais.

Seja para aprimorar a parte física quanto a parte técnica, juma partida de Tênis é uma ótima atividade para se divertir, fazer novas amizades, rever pessoas conhecidas, dar boas risadas com os erros e acertos do(s) companheiro(s) e, em alguns casos, é possível surgir ótimos negócios entre os jogadores, através de um networking. Para aprender ou se condicionar, basta pegar sua raquete, procurar parceiro(s) para jogar e ir para a quadra!

 

0


Add a Comment