Blog

Período de Base: chato, mas importantíssimo!

Posted by:

Período de Base: chato, mas importantíssimo!

Depois de um merecido descanso no final de ano, agora é hora de pensarmos nos nossos objetivos e nas provas de 2012 que pretendemos fazer. Para atingirmos estas metas, os treinamentos devem ser muito bem planejados, evitando assim que ocorram os “imprevistos” nesta preparação, e estes só não acontecerão se tivermos uma excelente base.

Na literatura do Treinamento Desportivo, o Período de Base (também conhecido como “Período Preparatório Geral”) tem como objetivo preparar o organismo para “aguentar o tranco” nos treinos dos próximos períodos de treinamento (Específico e Competitivo), além de deixar o atleta próximo da sua melhor condição física na competição principal.

Normalmente, a corrida no Período de Base caracterizada pelo predomínio do volume de treinos em relação à sua intensidade, o que aumenta a Capacidade Aeróbia do atleta. Com isso, agora não é a hora certa para aumentar a velocidade nos treinos e nas provas que participarem (não tenham pressa e deixem isso para mais tarde). O importante neste momento é aumentar a quilometragem e/ou o tempo de “rodagem”, o que facilitará, dentre outras coisas, a redução do percentual de gordura (fonte energética predominante em atividades de longa duração com intensidades baixas).

Outra característica importante do Período de Base é a realização de exercícios de Força, Agilidade, Equilíbrio, Potência (através dos saltos “para cima” e “para frente”), Coordenação e Propriocepção*. Muitos alunos odeiam estes exercícios, mas são eles que deixam os nossos músculos, ossos, tendões e ligamentos preparados para suportar a puxada carga de treinamento, evitando o aparecimento de lesões. Da mesma forma que na corrida, estes exercícios são realizados com intensidades baixas e com um maior número de repetições.

É nessa fase também que são utilizados diferentes tipos de terreno e de altimetrias, para deixar os músculos mais tonificados e preparados para a existência deles em diferentes tipos de provas.

Se você quer ter uma temporada agradável, não deixe de dar muito valor ao período de base, pois, apesar dele ser um período chato, com treinos exaustivos e que nos deixam doloridos no dia seguinte, é ele quem vai fazer você completar uma maratona, abaixar o tempo nos 10 km ou atingir qualquer outro objetivo.

Da mesma forma do que estudar para um Vestibular, é melhor “sofrer” nas primeiras semanas de treino do que se arrepender de não ter treinado direito na véspera da prova.

 

 

* Os Proprioceptores são alguns “sensores” nos músculos, tendões e ligamentos que informam o Sistema Nervoso sobre quaisquer mudanças do nosso corpo no espaço, para este dar uma resposta para o movimento ser realizado. Com o tempo, estes Proprioceptores, se não forem estimulados, perderão sua eficiência, facilitando o aparecimento de lesões.

0


Add a Comment